A consciência do prazer, da liberdade do amor sem a promessa quase sempre fatídica e aprisionadora do casamento, a luta cotidiana pela autonomia, são instrumentos que levam as mulheres, personagens dos contos, a encontrarem respostas para o seu papel em uma sociedade que limita sua função à de mãe e esposa. Há questionamentos frequentes, comparações com histórias de vidas exemplares, até heróicas, que geram movimentos interiores, subjetivos, fazendo com que a compreensão de ser mulher só possa ser efetivada - se isso é possível - a partir da composição fragmentada de miríades e facetas, assinalando não só a complexidade do conceito do feminino, como também sua natureza revolucionária.

A flor do dendê & as filhas de Iansã

REF: 0002
R$ 40,00Preço